BESTA …

Terror,

paralítica escada que andou,

degrau que descamba,
que chora e anda aos tombos,

sempre a subir.

Presente ausência num vazio,

possibilidade por ocupar,
desgarrada de cordas.

Besta,

vento que tece e dança,
que enche a pança de vozes.

repente festa,

lua cheia de nada,
no céu deitada por cá,

luar de gordo grito.

Eco,

silêncio falante,
salgada viscosidade,

dura idade.

Rápido que rapina o tempo,

que assassina a lentidão,
que diz não à sorte,

morte e luz sem fundo,
mundo e meio,

confusão.
.
.
.
.

Submited by

Saturday, May 25, 2013 - 20:39

Poesia :

Your rating: None (5 votes)

Henrique

Henrique's picture
Offline
Title: Membro
Last seen: 4 years 17 weeks ago
Joined: 03/07/2008
Posts:
Points: 34817

Add comment

Login to post comments

other contents of Henrique

Topic Title Replies Views Last Postsort icon Language
Videos/Others Já viram o Pedro abrunhosa sem óculos? Pois ora aqui o têm. 1 35.975 06/11/2019 - 09:39 Portuguese
Poesia/Sadness TEUS OLHOS SÃO NADA 1 1.176 03/06/2018 - 21:51 Portuguese
Poesia/Thoughts ONDE O INFINITO SEJA O PRINCÍPIO 4 1.830 02/28/2018 - 17:42 Portuguese
Poesia/Thoughts APALPOS INTERMITENTES 0 1.821 02/10/2015 - 22:50 Portuguese
Poesia/Aphorism AQUILO QUE O JUÍZO É 0 1.610 02/03/2015 - 20:08 Portuguese
Poesia/Thoughts ISENTO DE AMAR 0 1.335 02/02/2015 - 21:08 Portuguese
Poesia/Love LUME MAIS DO QUE ACESO 0 1.422 02/01/2015 - 22:51 Portuguese
Poesia/Thoughts PELO TEMPO 0 1.407 01/31/2015 - 21:34 Portuguese
Poesia/Thoughts DA POESIA 0 1.947 01/30/2015 - 23:06 Portuguese
Poesia/Thoughts DO AMOR 0 1.512 01/30/2015 - 21:48 Portuguese
Poesia/Thoughts DO SENTIMENTO 0 1.811 01/29/2015 - 22:55 Portuguese
Poesia/Thoughts DO PENSAMENTO 0 1.109 01/29/2015 - 19:53 Portuguese
Poesia/Thoughts DO SONHO 0 1.227 01/29/2015 - 01:04 Portuguese
Poesia/Thoughts DO SILÊNCIO 0 1.249 01/29/2015 - 00:36 Portuguese
Poesia/Thoughts DA CALMA 0 1.350 01/28/2015 - 21:27 Portuguese
Poesia/Thoughts REPASTO DE ESQUECIMENTO 0 1.543 01/27/2015 - 22:48 Portuguese
Poesia/Thoughts MORRER QUE POR DENTRO DA PELE VIVE 0 1.272 01/27/2015 - 16:59 Portuguese
Poesia/Aphorism NENHUMA MULTIDÃO O SERÁ 0 1.273 01/26/2015 - 20:44 Portuguese
Poesia/Thoughts SILENCIOSA SOMBRA DE SOLIDÃO 0 1.466 01/25/2015 - 22:36 Portuguese
Poesia/Thoughts MIGALHAS DE SAUDADE 0 1.157 01/22/2015 - 22:32 Portuguese
Poesia/Thoughts ONDE O AMOR SEMEIA E COLHE A SOLIDÃO 0 1.202 01/21/2015 - 18:00 Portuguese
Poesia/Thoughts PALAVRAS À LUPA 0 2.030 01/20/2015 - 19:38 Portuguese
Poesia/Thoughts MADRESSILVA 0 1.132 01/19/2015 - 21:07 Portuguese
Poesia/Thoughts NA SOLIDÃO 0 1.428 01/17/2015 - 23:32 Portuguese
Poesia/Thoughts LÁPIS DE SER 0 1.312 01/16/2015 - 20:47 Portuguese