ACERTADA(MENTE)

Sentir concretamente
O que outro ser sente,
Embora intrinsecamente
Não espelhe o inconsciente.

Há algo que os impulsiona
Para labirínticos processos.

No farejar do cheiro onde outros
Se ensopam em mergulhos,
Esbracejam como borboletas
Por entre obscuros linguísticos.

Irreflectido gosto dos açucares diluídos…
Cristalinos, expostos a contra-gosto.

Perguntas directas formuladas.
Atabalhoadamente respondidas,
Por cálidas emoções escondidas
Em vórtices de águas geladas.

Maçã-de-adão, costela concreta.
Cartas na mesa, poesia, incerteza.
Procura-se a palavra certa.

O certo sai errado.
O certo é complicado…

Submited by

Sunday, January 31, 2010 - 22:51

Poesia :

No votes yet

Patrícia Taz

Patrícia Taz's picture
Offline
Title: Moderador Consagrados
Last seen: 40 weeks 1 day ago
Joined: 04/04/2009
Posts:
Points: 650

Comments

marialds's picture

Re: ACERTADA(MENTE)

Poesia com emoção e sentimento, porém consciente o ser não se deixa atingir no seu intimo inconsciente
É sempre um prazer te ler
Parabens!

jopeman's picture

Re: ACERTADA(MENTE)

grandiosos poema

o inconsciente não é espelhado nos gostos dos restantes, é apenas um labirintico trajecto para descobrir o que está ou não certo.

acertada(mente) a tua "mão" que sempre escreve maravilhosamente

mto bom

bjos

robsondesouza's picture

Re: ACERTADA(MENTE)

Lindo! Lindo poema!
A mente acerta sempre.

Abraços, Robson!

cecilia's picture

Re: ACERTADA(MENTE)

Belo poema.

MarneDulinski's picture

Re: ACERTADA(MENTE)

LINDO POEMA, GOSTEI!
Maçã-de-adão, costela concreta.
Cartas na mesa, poesia, incerteza.
Procura-se a palavra certa.

O certo sai errado.
O certo é complicado…

Meus parabéns,
Marne

Angelo's picture

Re: ACERTADA(MENTE)

Bonito poema patricia onde destaco:

Maçã-de-adão, costela concreta.
Cartas na mesa, poesia, incerteza.
Procura-se a palavra certa.

O certo sai errado.
O certo é complicado…

Um grande abraço e os meus parabéns
Melo

Add comment

Login to post comments

other contents of Patrícia Taz

Topic Title Replies Views Last Postsort icon Language
Poesia/Love POEMA INACABADO 5 1.399 03/19/2013 - 03:16 Portuguese
Poesia/General ALQUIMIA DA ESCRITA 25 2.162 01/22/2012 - 15:47 Portuguese
Poesia/Dedicated SORVO POÉTICO 24 1.747 01/22/2012 - 15:41 Portuguese
Poesia/Intervention (A)NORMALIDADE DO CÃO QUE O DIABO AMASSOU 18 1.385 06/27/2011 - 17:32 Portuguese
Poesia/Dedicated PERFIL DE VIAGEM 7 1.023 03/29/2011 - 17:18 Portuguese
Poesia/Intervention CONVERSA DE CAMARADAS, PÁ? 3 1.240 03/19/2011 - 23:33 Portuguese
Poesia/Intervention DILEMA OPRIMIDO 8 1.090 03/16/2011 - 16:44 Portuguese
Poesia/Disillusion SOLTA-SE O FIO DA VIDA LÁ DENTRO 8 1.471 02/28/2011 - 16:07 Portuguese
Fotos/Others Facto Binário 0 1.549 02/20/2011 - 00:39 Portuguese
Poesia/Dedicated POEJET Intercontinental 4 1.242 02/18/2011 - 13:40 Portuguese
Poesia/Song LEITO DA SAUDADE 8 1.309 02/18/2011 - 12:11 Portuguese
Poesia/Love VALSA DOS CORVOS 4 901 02/18/2011 - 02:04 Portuguese
Fotos/Landscape A Sun's Glance 2 2.330 02/16/2011 - 01:37 English
Poesia/Fantasy VOO DE SONHO 5 998 02/11/2011 - 15:58 Portuguese
Poesia/Song MATÉRIA IMATERIAL 4 1.076 02/11/2011 - 11:05 Portuguese
Fotos/Profile 1249 0 1.476 11/24/2010 - 00:38 Portuguese
Poesia/Sonnet SOBREVIVENTES 0 1.039 11/17/2010 - 23:42 Portuguese
Poesia/Erotic FOTO A PRETO E BRANCO 0 951 11/17/2010 - 23:40 Portuguese
Poesia/Poetrix MATÉRIA IMATERIAL 1 703 08/07/2010 - 14:20 Portuguese
Poesia/Friendship O AVESSO DO INVERSO 2 968 06/08/2010 - 23:18 Portuguese
Poesia/General MAÇO DE NOTAS 1 941 04/23/2010 - 00:17 Portuguese
Poesia/Love ARLEQUIM 8 1.153 04/20/2010 - 16:13 Portuguese
Poesia/Passion CHUVAS DE MARÇO 4 917 04/10/2010 - 04:20 Portuguese
Poesia/Passion COBERTA DE HISTÓRIAS 5 933 04/09/2010 - 19:14 Portuguese
Poesia/Love PROJECÇÕES 4 488 04/01/2010 - 02:37 Portuguese