QUÃO BELA É A MULHER

Ver-te passear pelo parque
pára o tempo no meu olhar
atiça a dança do fogo no meu sentir
a alegria da passagem que se evapora
pela magia do teu olhar

Ouço a gratidão das flores
que elogiam o requinte dos teus passos
transformando todo o espaço que ocupas
em rosas que me acordam os sentidos
para o charme do teu estar
em todas as cores da existência

Em ti vive o lado real das fantasias
que exibes com pureza à liberdade dos pássaros

Teu caminhar é poesia
que encanta as árvores
o teu ar singelo mistura-se com o verde
que respeita o teu sorriso que alberga desejos
que bebo do cálice do infinito
das tuas formas de mulher bela
atingindo a razão da arte
com que vergas a natureza a teus pés
de rainha

O sol é a tua coroa
a juventude é o teu vestido de simplicidade
ao vento que despe a vida
diante a tua volúpia
que engole o horizonte

Submited by

Monday, September 15, 2008 - 22:47

Poesia :

No votes yet

Henrique

Henrique's picture
Offline
Title: Membro
Last seen: 5 years 14 weeks ago
Joined: 03/07/2008
Posts:
Points: 34817

Comments

Sardinha's picture

Re: QUÃO BELA É A MULHER

Gostei do seu poema ,

Parabens .

Amigos ?

Um abraço

Luis Sardinha

zizo's picture

Re: QUÃO BELA É A MULHER

"Teu caminhar é poesia"
Esta parte só é um poema enorme.
Um bonito poema dedicado a elas.
Muito bem Henrique!;)
Cumprimentos

Add comment

Login to post comments

other contents of Henrique

Topic Title Replies Views Last Postsort icon Language
Poesia/Thoughts DA POESIA 1 5.735 05/26/2020 - 23:50 Portuguese
Videos/Others Já viram o Pedro abrunhosa sem óculos? Pois ora aqui o têm. 1 37.580 06/11/2019 - 09:39 Portuguese
Poesia/Sadness TEUS OLHOS SÃO NADA 1 1.781 03/06/2018 - 21:51 Portuguese
Poesia/Thoughts ONDE O INFINITO SEJA O PRINCÍPIO 4 2.459 02/28/2018 - 17:42 Portuguese
Poesia/Thoughts APALPOS INTERMITENTES 0 2.290 02/10/2015 - 22:50 Portuguese
Poesia/Aphorism AQUILO QUE O JUÍZO É 0 2.141 02/03/2015 - 20:08 Portuguese
Poesia/Thoughts ISENTO DE AMAR 0 4.122 02/02/2015 - 21:08 Portuguese
Poesia/Love LUME MAIS DO QUE ACESO 0 2.941 02/01/2015 - 22:51 Portuguese
Poesia/Thoughts PELO TEMPO 0 1.800 01/31/2015 - 21:34 Portuguese
Poesia/Thoughts DO AMOR 0 1.956 01/30/2015 - 21:48 Portuguese
Poesia/Thoughts DO SENTIMENTO 0 2.515 01/29/2015 - 22:55 Portuguese
Poesia/Thoughts DO PENSAMENTO 0 2.499 01/29/2015 - 19:53 Portuguese
Poesia/Thoughts DO SONHO 0 1.786 01/29/2015 - 01:04 Portuguese
Poesia/Thoughts DO SILÊNCIO 0 3.147 01/29/2015 - 00:36 Portuguese
Poesia/Thoughts DA CALMA 0 2.437 01/28/2015 - 21:27 Portuguese
Poesia/Thoughts REPASTO DE ESQUECIMENTO 0 1.978 01/27/2015 - 22:48 Portuguese
Poesia/Thoughts MORRER QUE POR DENTRO DA PELE VIVE 0 1.990 01/27/2015 - 16:59 Portuguese
Poesia/Aphorism NENHUMA MULTIDÃO O SERÁ 0 2.003 01/26/2015 - 20:44 Portuguese
Poesia/Thoughts SILENCIOSA SOMBRA DE SOLIDÃO 0 3.141 01/25/2015 - 22:36 Portuguese
Poesia/Thoughts MIGALHAS DE SAUDADE 0 1.648 01/22/2015 - 22:32 Portuguese
Poesia/Thoughts ONDE O AMOR SEMEIA E COLHE A SOLIDÃO 0 1.616 01/21/2015 - 18:00 Portuguese
Poesia/Thoughts PALAVRAS À LUPA 0 2.547 01/20/2015 - 19:38 Portuguese
Poesia/Thoughts MADRESSILVA 0 1.563 01/19/2015 - 21:07 Portuguese
Poesia/Thoughts NA SOLIDÃO 0 1.843 01/17/2015 - 23:32 Portuguese
Poesia/Thoughts LÁPIS DE SER 0 1.834 01/16/2015 - 20:47 Portuguese