CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Agarra-me!

Agarra-me, ainda que contra o vento,
sem freio e sem receio
porque o tempo é chegado!

A hora é nossa e a hora é esta!
A tua boca desenhada no meu sorriso
O meu gemido soprado ao ouvido
Uma fome que potencia a sede
Uma sede que não se sacia
Não sem arte ou mestria!

Quero o teu cheiro e a tua saliva
misturados com o meu mel!
Combinação que arrepia,
bem que desejo seguro!

És como um corcel possante
que faz vibrar o chão à sua passagem
Pêlo negro que tinge o branco do meu tecido,
lugar onde encontras abrigo!

Os meus dedos nos teus cabelos e o meu sorriso nos teus olhos
Um tremor que desconheço, uma vontade que se torna maior
É chegada a hora! A hora que não consumida, consome!
A minha alma não dorme, não dorme…

Na escuridão brilha a chama que do meu corpo emana
Como um farol na escuridão,
desejo que chegues seguro, finalmente na hora certa,
que é esta ou nunca mais será!

Ouve o que te diz o meu coração
Deixa que sussurre ao ouvido
o mais antigo de todos os desejos:
_ Vem comigo até às estrelas!

Alguma vez fizeste amor assim?
Como se abrisses um livro de histórias,
com capa de veludo, vermelho paixão,
palavras escritas no ritmo do coração.

Escuta o teu nome que me escapa,
em murmúrios suaves que a tua boca cala,
numa dança de sexo, com uma sede tão antiga!

Em êxtase, os nossos corpos se comprimem
e os pulmões expandem um último pedido:
- Vem comigo até às estrelas...
Nada terias de carregar se te entregasses de coração.

Até lá, derivo no vazio.
Agarra-me!

 

Publicado no Blog Broken Wings e no Blog da PEAPAZ

Submited by

terça-feira, março 15, 2011 - 11:08

Ministério da Poesia :

No votes yet

Ema Moura

imagem de Ema Moura
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 36 semanas 6 dias
Membro desde: 03/15/2011
Conteúdos:
Pontos: 317

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Ema Moura

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Ministério da Poesia/Amor Nada mais (nona carta) 0 523 09/22/2014 - 17:54 Português
Prosas/Contos «Pele...» 0 496 09/22/2014 - 17:52 Português
Prosas/Erótico Proposta 0 594 09/22/2014 - 17:50 Português
Poesia/Pensamentos Confissões de um conquistador 0 604 09/22/2014 - 17:47 Português
Poesia/Pensamentos Pintura introspectiva 0 768 09/20/2014 - 10:19 Português
Poesia/Pensamentos Silencia o teu amor 0 543 09/20/2014 - 10:17 Português
Prosas/Pensamentos Monólogo da memória 0 496 09/20/2014 - 10:15 Português
Poesia/Paixão Obsessão 0 616 09/20/2014 - 10:10 Português
Poesia/Erótico Tortura, anseio... 1 718 01/27/2013 - 21:47 Português
Prosas/Contos Inspira, relaxa e divaga... Suspira! 2 653 01/27/2013 - 16:40 Português
Prosas/Erótico Outra vez! 2 1.183 01/27/2013 - 16:36 Português
Poesia/Paixão Quero-te outra vez... 0 510 01/27/2013 - 16:08 Português
Poesia/Amor Ouve-me 1 643 01/27/2013 - 15:50 Português
Poesia/Erótico Amarro-te! 3 937 01/27/2013 - 15:45 Português
Poesia/Meditação Ofélia 0 617 01/12/2013 - 22:34 Português
Prosas/Contos Brilho 0 696 01/12/2013 - 22:20 Português
Prosas/Contos Esculpidos na pedra 0 501 01/12/2013 - 22:15 Português
Poesia/Amor Espero 0 672 01/12/2013 - 22:10 Português
Prosas/Romance Hoje, o céu é meu... 0 925 08/11/2011 - 13:09 Português
Poesia/Meditação Saudade poética 2 801 07/09/2011 - 01:59 Português
Prosas/Erótico O desejo é muito mais que um brilho no olhar... 0 876 07/07/2011 - 22:17 Português
Prosas/Erótico Tortura 0 733 07/07/2011 - 22:13 Português
Prosas/Pensamentos Hoje 0 839 07/07/2011 - 22:06 Português
Prosas/Erótico «Surpresa. Hoje é dia de pagamento!» 0 840 07/07/2011 - 21:59 Português
Prosas/Erótico Saltos inquietos 0 828 07/07/2011 - 21:56 Português