CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Eroticus III – Sonhos de Cabedal

Aparecem-me me fantasias,
Com roupas de aderente cabedal,
Raparigas de más companhias,
De rosto pintado, angelical.

Mostram mais do que ‘scondem os fatos,
Mostram a brancura duma pele
Ainda jovem, sobre uns sapatos
Co’um salto alto mais do que incrível.

E umas rendadas meias sobem,
Galgam por umas suaves pernas,
Presas por algumas ligas apenas,
Deixando ver parte da tez jovem.

E mais acima a intima parte
Tapa-se co’uma tanga de couro,
Que cobre aquele grande tesouro,
Conhecedor da divinal arte

Do prazer: dá-lo e recebê-lo
Está certo! Que assim é a vida.
E aquele montinho de pelo,
Ele sabe bem o que é a vida…

Bem sabe o que fazer p’lo amigo
Que o procura com ou sem capa.
Mais a norte no feminino mapa
Pulsava um mui ardente umbigo,

Que fazia uma ventral dança.
Perdia-se naquele vai e vem
Onde, sem dar sinais de mudança
Vê, como num ‘spelho, a imagem

Duns belos seios, duma outra dama
Que bailava à sua frente, nua
Também. Via um peito em chama
Ardente, redondo como a lua

Cheia; rubro como um belo rubi;
Suave como uma jovem pele;
Doce como o mais puro mel…
Uma forte chicotada senti!

Desaparecem os escrúpulos
Ao som dum estalante chicote,
Que me punha o peito aos pulos,
Desejando ver mais que o decote

Da camisa que tinham vestido
Entretanto. Então o desejo,
Juntando-se ao sangue já vertido,
Faz desaparecer todo o pejo

E lançamo-nos os três p’ro leito,
Não sendo necessário dizer
Tudo o que nós fomos nele fazer.
Se o é não o digo, pois meu jeito

Não me permite falar disso.
Imaginem vocês: três pessoas,
- um rapaz, duas miúdas boas –
Juntos na cama… qual o serviço

Que poderá fazer um grupo tal
Com chicotes, fatos de cabedal
E loucas fantasias sem igual?...

25-11-1994

Submited by

segunda-feira, abril 11, 2011 - 16:36

Poesia :

No votes yet

gaudella

imagem de gaudella
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 7 anos 4 semanas
Membro desde: 03/26/2011
Conteúdos:
Pontos: 346

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of gaudella

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Amor Sweet angel. Sweet angel, with golden wings 0 597 01/05/2012 - 01:49 inglês
Poesia/Amor I’ve got a Rose Shaped Heart 0 603 01/05/2012 - 01:40 inglês
Poesia/Amor C’roa d’ouro na tua cabeça, 0 537 01/05/2012 - 01:32 Português
Poesia/Soneto Já fui uma bala, uma ‘spada 0 597 06/04/2011 - 00:42 Português
Poesia/Soneto Eu tenho um calhau como coração 0 605 06/04/2011 - 00:40 Português
Poesia/Erótico Eroticus II – Iniciação 2 1.034 05/15/2011 - 22:16 Português
Prosas/Fábula The Tiger And The Monkey 0 1.622 05/13/2011 - 16:26 inglês
Poesia/Geral Adeus Campeão (A Ayrton Senna) 1 635 05/01/2011 - 12:37 Português
Poesia/Soneto Sabes que podes contar comigo 1 848 04/28/2011 - 20:58 Português
Poesia/Soneto Sábado à Noite 1 794 04/21/2011 - 15:24 Português
Poesia/Geral Goldwasser (incomplete) 0 1.133 04/14/2011 - 13:21 inglês
Poesia/Erótico Eroticus I – O Banho 0 784 04/11/2011 - 16:40 Português
Poesia/Erótico Eroticus III – Sonhos de Cabedal 0 883 04/11/2011 - 16:36 Português
Poesia/Geral Aos senhores da guerra 1 738 04/09/2011 - 22:29 Português
Poesia/Geral Vida Incógnita 0 509 04/09/2011 - 14:23 Português
Poesia/Amor Ad Aeternum… Of dark and Bright… 1 1.266 04/08/2011 - 23:06 inglês
Poesia/Geral A Espada da Liberdade 1 852 04/06/2011 - 14:52 Português
Poesia/Geral Twelve grapes 0 1.116 04/05/2011 - 02:43 inglês
Poesia/Fantasia The Sword, The Eagle and The Dragon 1 1.106 04/03/2011 - 04:14 inglês
Poesia/Soneto Deixem que vos conte a ‘stória 2 945 03/31/2011 - 17:18 Português
Poesia/Soneto Já não tenho palavras p’ra te dizer 2 649 03/31/2011 - 03:13 Português
Poesia/Soneto Co’o rosto dum anjo celeste 1 687 03/29/2011 - 20:55 Português
Poesia/Amor Sempre. Sempre estarei aqui, por ti. 1 730 03/29/2011 - 20:43 Português
Poesia/Geral Contrabandista 1 827 03/29/2011 - 20:40 Português
Poesia/Soneto Ópio dos poetas 1 1.019 03/29/2011 - 20:32 Português