CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Desarme

O mundo te mostra de maneira injusta
Como de praxe, corriqueira, vulgar e diurna.
Contrária às estátuas extravagantes absurdas
Tua proximidade me expõe outras rachaduras

Nem a obscuridade da vaidade mais humana
Nem qualquer outro entorpecente me engana.
Perto de ti, mais seguro me sinto, mas indefeso
… Te abraço num sorriso, te recebo num beijo
És tu, junto a mim agora, invulnerável paixão
Infinito amparo para minha mutante perfeição

______________________________________________________________________

Outros desarmes em carlinhoscavalcanti.blogspot.com

abraço a todos

Submited by

terça-feira, julho 31, 2012 - 18:11

Poesia :

No votes yet

carlfilho

imagem de carlfilho
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 3 anos 1 dia
Membro desde: 05/25/2009
Conteúdos:
Pontos: 519

Comentários

imagem de Cristy_f

Um poema que fala sobre amor

Um poema que fala sobre amor sem ser piegas é muito difícil de encontrar, por isso gostei desse. Expressa paixão/amor forte, daqueles que não buscam perfeição, por já entender que não vai encontrar. É muito bonito quando um ser nos é um amparo.

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of carlfilho

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Desilusão Anticorpo 0 507 09/18/2014 - 19:09 Português
Poesia/Geral Deixa 0 546 01/30/2014 - 21:10 Português
Poesia/Tristeza A Morte do Meu Sorriso 0 611 09/12/2013 - 21:13 Português
Poesia/Geral O Número 1 343 03/15/2013 - 18:48 Português
Poesia/Geral Os animais 3 680 03/15/2013 - 18:39 Português
Poesia/Geral Parceria Eterna 2 1.122 11/27/2012 - 18:54 Português
Poesia/Geral Boa Noite 4 993 11/27/2012 - 17:56 Português
Poesia/Tristeza Caixeiro Viajante 1 738 11/26/2012 - 21:41 Português
Poesia/Tristeza Coração Notívago 2 914 11/26/2012 - 21:26 Português
Poesia/Geral Pulvi es (et pulverem reverteris) 2 1.265 11/23/2012 - 23:29 Português
Poesia/Geral A Idéia Assombra 1 858 11/23/2012 - 16:57 Português
Poesia/Fantasia O Misantropo 3 1.171 11/23/2012 - 16:45 Português
Poesia/Geral Isto Posto 4 623 11/21/2012 - 20:23 Português
Poesia/Paixão Desarme 1 456 11/21/2012 - 19:39 Português
Poesia/Geral Estranho Decorrer 1 614 11/20/2012 - 23:08 Português
Poesia/Amor Meu Amor Imaginário 1 571 04/20/2012 - 19:22 Português
Poesia/Soneto Soneto do Rei Álacre 0 649 01/11/2012 - 17:20 Português
Poesia/Meditação Faz toda a diferença 0 562 01/10/2012 - 16:00 Português
Poesia/Meditação Gosto Daqui... 1 536 12/16/2011 - 03:13 Português
Poesia/Amizade Adenium 0 642 12/15/2011 - 14:36 Português
Poesia/Fantasia O Tédio 0 579 12/09/2011 - 14:33 Português
Poesia/Fantasia Devida Verve 0 573 12/07/2011 - 14:16 Português
Poesia/Tristeza Asfalto 1 842 11/28/2011 - 20:47 Português
Poesia/Tristeza Punhais 0 583 11/28/2011 - 17:57 Português
Poesia/Fantasia Idas 0 899 11/08/2011 - 21:55 Português