CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Meu Amor Imaginário

Como posso não sonhá-lo
Sei que só existe no universo do idealizado
E só tu conheces a causa de meus motivos impensados

Inalas o mesmo ar embaçado que respiro
Caminhas de mãos dadas nas alturas comigo
Sentes o mesmo chão sem gravidade em que piso
Sinto sua presença pela imensa falta que sinto
Na busca, procura voraz e frustrada que invisto
Vejo-te justo na sua ausência desse mundo sinistro

Sei que você descansa ao meu lado
Encostada no conforto do meu peito ferido
Dorme o sono imperturbável dos mortos
Protegida por uma serenidade impassível

Na minha eterna cama
Ao imaginá-la, te materializo
Não me deixe sozinho, desesperar
Mentir, e fugir do meu ardiloso destino
Ajuda-me a acalentar meu coração
Com paciência, fé e tino

_________________________________________________

Outros sonhos em 

www.carlinhoscavalcanti.blogspot.com

abraço a todos

Submited by

segunda-feira, janeiro 9, 2012 - 14:00

Poesia :

No votes yet

carlfilho

imagem de carlfilho
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 4 anos 9 semanas
Membro desde: 05/25/2009
Conteúdos:
Pontos: 519

Comentários

imagem de Henricabilio

paixões

Platónicas paixões sempre existirão
pois é difícil controlar o coração
- E sonhar acordado
desperta-nos para a vida.

Saudações

_Abilio

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of carlfilho

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Desilusão Anticorpo 0 690 09/18/2014 - 18:09 Português
Poesia/Geral Deixa 0 749 01/30/2014 - 20:10 Português
Poesia/Tristeza A Morte do Meu Sorriso 0 797 09/12/2013 - 20:13 Português
Poesia/Geral O Número 1 466 03/15/2013 - 17:48 Português
Poesia/Geral Os animais 3 901 03/15/2013 - 17:39 Português
Poesia/Geral Parceria Eterna 2 1.290 11/27/2012 - 17:54 Português
Poesia/Geral Boa Noite 4 1.168 11/27/2012 - 16:56 Português
Poesia/Tristeza Caixeiro Viajante 1 957 11/26/2012 - 20:41 Português
Poesia/Tristeza Coração Notívago 2 1.131 11/26/2012 - 20:26 Português
Poesia/Geral Pulvi es (et pulverem reverteris) 2 1.432 11/23/2012 - 22:29 Português
Poesia/Geral A Idéia Assombra 1 1.041 11/23/2012 - 15:57 Português
Poesia/Fantasia O Misantropo 3 1.371 11/23/2012 - 15:45 Português
Poesia/Geral Isto Posto 4 831 11/21/2012 - 19:23 Português
Poesia/Paixão Desarme 1 676 11/21/2012 - 18:39 Português
Poesia/Geral Estranho Decorrer 1 873 11/20/2012 - 22:08 Português
Poesia/Amor Meu Amor Imaginário 1 749 04/20/2012 - 18:22 Português
Poesia/Soneto Soneto do Rei Álacre 0 863 01/11/2012 - 16:20 Português
Poesia/Meditação Faz toda a diferença 0 780 01/10/2012 - 15:00 Português
Poesia/Meditação Gosto Daqui... 1 705 12/16/2011 - 02:13 Português
Poesia/Amizade Adenium 0 835 12/15/2011 - 13:36 Português
Poesia/Fantasia O Tédio 0 783 12/09/2011 - 13:33 Português
Poesia/Fantasia Devida Verve 0 755 12/07/2011 - 13:16 Português
Poesia/Tristeza Asfalto 1 1.041 11/28/2011 - 19:47 Português
Poesia/Tristeza Punhais 0 800 11/28/2011 - 16:57 Português
Poesia/Fantasia Idas 0 1.132 11/08/2011 - 20:55 Português