Um Jogo de Quatro Cartas

Canto a silencio que te extermina
Busco longe a paz que te alucina
Saio das sombras em passo alado
Mostro a luz da ternura perdida

Canto o sentimentos que te corroí
Busco a dor que te comove e atrai
Saio do cadafalso do ser dolente
Mostro a estrada do amor ardente

Canto a lamúria do sentido perdido
Busco a paixão que a alma te queima
Saio do fogo da terra sorridente faceira
Mostro a alegria sentida que te cegará

Canto a canção do adeus do desprezo
Busco o amor adormecido e perdido
Saio da profundeza do âmago adormecido
Mostro dor sentida n’alma comprometida

Observação -As quatro cartas são as tags, o jogo é como ditam a poesia.

Submited by

Monday, December 21, 2009 - 04:43

Poesia :

No votes yet

marialds

marialds's picture
Offline
Title: Membro
Last seen: 1 year 39 weeks ago
Joined: 03/31/2009
Posts:
Points: 2887

Comments

FlaviaAssaife's picture

Re: Um Jogo de Quatro Cartas

Marialds,

Gostei muito! É preciso saber usar as cartas certas na jogada da vida! Abraços

RobertoEstevesdaFonseca's picture

Re: Um Jogo de Quatro Cartas

Lindo poema.

Adorei!

Um abraço,
REF

jopeman's picture

Re: Um Jogo de Quatro Cartas

É um enorme prazer voltar a ler-te

Um jogo que canta, que busca,que sai e que mostra nos estorvos a paixão

Gostei bastante

bjos

analyra's picture

Re: Um Jogo de Quatro Cartas

Rítmico, criativo, original e bem estruturado. EXCELENTE POEMA!!!
Grande abraço e feliz festas.

MarneDulinski's picture

Re: Um Jogo de Quatro Cartas

MUITO BELO POEMA, GOSTEI!
Canto a canção do adeus do desprezo
Busco o amor adormecido e perdido
Saio da profundeza do âmago adormecido
Mostro dor sentida n’alma comprometida

Meus parabéns
MarneDulinski,

Add comment

Login to post comments

other contents of marialds

Topic Title Replies Views Last Postsort icon Language
Poesia/General Retirante 7 237 10/13/2009 - 21:42 Portuguese
Poesia/General Grãos de Areia 7 300 10/07/2009 - 22:40 Portuguese
Poesia/General A Paz ( Visão I) 6 353 10/02/2009 - 21:01 Portuguese
Poesia/General A Terra dos Desterrados 5 313 09/28/2009 - 04:29 Portuguese
Poesia/General Noite Vazia 5 559 09/26/2009 - 05:35 Portuguese
Poesia/General Lagrimas de Luto 11 594 09/24/2009 - 18:26 Portuguese
Poesia/General Paz (visão II) 7 262 09/22/2009 - 05:52 Portuguese
Poesia/General Uma Despedida Íntima 7 375 09/17/2009 - 14:44 Portuguese
Poesia/Aphorism Tempo 4 195 09/16/2009 - 21:51 Portuguese
Poesia/General Aproximação... 4 400 09/16/2009 - 05:26 Portuguese
Poesia/General Almas Paralelas 9 428 09/16/2009 - 05:23 Portuguese
Poesia/General Um sentido... 3 258 09/15/2009 - 02:20 Portuguese
Poesia/General Eu Quero... 4 381 09/13/2009 - 17:51 Portuguese
Poesia/General Onde esta Voce? 6 437 09/12/2009 - 06:29 Portuguese
Poesia/General O Mendigo 3 483 09/10/2009 - 05:07 Portuguese
Poesia/Erotic Cabaré 1 396 09/10/2009 - 02:34 Portuguese
Poesia/General O Jogo. 2 379 09/09/2009 - 18:33 Portuguese
Poesia/General Um lamento 11 383 09/09/2009 - 04:37 Portuguese
Poesia/General Sombra simplesmente Sombra 8 235 09/04/2009 - 13:46 Portuguese
Poesia/General Uma Mulher 2 398 09/04/2009 - 13:39 Portuguese
Poesia/General A tua espera 4 492 09/04/2009 - 13:37 Portuguese
Poesia/Gothic Adaga 6 684 08/30/2009 - 05:40 Portuguese
Poesia/General Talvez um encontro 5 359 08/18/2009 - 16:35 Portuguese
Prosas/Lembranças Aquele homem que me impressionou... 1 526 08/10/2009 - 07:05 Portuguese
Poesia/General AtrevidaI/marialds 2 500 08/04/2009 - 15:48 Portuguese