CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Hipocrisia Sem Nome

Na expectativa mora o desalento!

É efémero o amor dos homens

Como é efémera a amizade.

...Pelo menos aquela que se cola

e se faz da proximidade.

 

Esgota-se na voracidade das emoções

e quando já nada resta do que comer…

…o azedo da casca de laranja espremida,

regurgita-se em memória

 

Um dia mais tarde… quem sabe,

lá do fundo dos tempos,

virá a saudade.

Exultar-se-hão momentos passados...

extravagantes e enubladas imagens

de tempos mortos

por essa vertigem de ter

 

Não me restam dúvidas…

O amor com que se louva alguém

raramente é honesto.

É, normalmente,

promessa vã,

ilusão criada

que o esquecimento apaga.

 

…E assim se morre

e por isso eu choro..,

choro esta morte em vida

que é tão só partida.

 

Enfim…

Parto vazio,

tristemente ignorante

porque me comovo ainda,

com a solenidade das coisas simples…

 

Mas agora…Se apenas me restam

o esquecimento e a ignorância,

o afastamento e a ausência

…Farei deles o sal salgado

que em mim conservará

a memória de ti.

Submited by

terça-feira, maio 10, 2011 - 01:00

Poesia :

No votes yet

miguelmancellos

imagem de miguelmancellos
Offline
Título: Moderador Música
Última vez online: há 2 anos 22 semanas
Membro desde: 07/29/2010
Conteúdos:
Pontos: 372

Comentários

imagem de MarneDulinski

Hipocrisia Sem Nome

Lindo texto, gostei muito, meus parabéns,

Marne

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of miguelmancellos

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral Por Saber 2 959 06/11/2011 - 23:23 Português
Poesia/Geral Promessas vãs 1 695 05/25/2011 - 20:04 Português
Poesia/Geral O Pensamento 3 654 05/16/2011 - 20:26 Português
Poesia/Geral O Nada, O Absurdo e a Minha Ignorância 2 518 05/16/2011 - 20:20 Português
Prosas/Pensamentos A Arte e o Mundo 1 730 05/14/2011 - 23:05 Português
Poesia/Tristeza Hipocrisia Sem Nome 1 927 05/10/2011 - 02:08 Português
Prosas/Pensamentos UMA PEQUENA TRAVESSURA,,, 0 685 05/09/2011 - 22:59 Português
Poesia/Geral Sentes??? 2 820 05/08/2011 - 19:32 Português
Poesia/Geral Soturno Silêncio 3 1.288 05/08/2011 - 02:31 Português
Poesia/Geral Loucura??? 1 785 05/07/2011 - 16:29 Português
Prosas/Pensamentos O Egoísmo e a Armadilha dos Conceitos 0 731 05/07/2011 - 12:45 Português
Poesia/Geral Quando Partiste 6 1.013 04/29/2011 - 12:00 Português
Prosas/Pensamentos Se temos o poder de criar, se nos fazem felizes o céu e a eternidade... Porque não? 1 1.046 04/22/2011 - 04:11 Português
Poesia/Geral bora fazer daquilo uma TERTÚLIA 1 1.011 04/21/2011 - 02:06 Português
Prosas/Pensamentos Pensando o "ser homem" 2 827 04/18/2011 - 17:01 Português
Prosas/Pensamentos Se Não Fores Tu a Acreditar em Ti, Quem o Fará? 0 1.156 04/11/2011 - 20:43 Português
Poesia/Geral Digo..! 2 895 04/08/2011 - 11:29 Português
Poesia/Geral Há Palavras Assim 6 769 03/28/2011 - 17:50 Português
Videos/Outros O amigo verdadeiro está sempre LÁ!!! Ver em Full screan. 0 1.600 03/28/2011 - 17:32 Português
Poesia/Geral O Valor, as Coisas e… 2 803 03/11/2011 - 22:02 Português
Poesia/Geral Difícil Dizer 1 630 03/09/2011 - 01:47 Português
Poesia/Geral Distância 1 883 03/05/2011 - 00:02 Português
Poesia/Geral Até Quando? 1 741 03/03/2011 - 22:45 Português
Poesia/Geral Gorada Melancolia 0 802 02/28/2011 - 20:53 Português
Poesia/Geral Solidão 0 519 02/28/2011 - 20:21 Português