CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Toda Velocidade à Frente

Sigamos em frente!
Mesmo que não saibamos aonde vamos
Mesmo que à frente haja um abismo e nele caiamos
Mesmo que ele seja tão profundo que caiamos eternamente.
Quem sabe, em meio ao desespero da queda
O medo cesse lentamente
E assim, pairando no ar de tal forma
Livres de nossos pesos
Errabundos que somos
Esqueçamos da queda, do abismo, do fundo
(Já não estaríamos caindo mais...)
Isentos dos desvaneios dos pensamentos
Ao vão do silêncio, do tudo, do nada
Ao vento que, em nosso rosto, bate brandamente
Quem sabe, finalmente descubramos
Ou, pelos menos, nos rendemos e aceitamos
Essa verdade tão clara e agradável quanto iminente
Talvez seja esta mesmo nossa única forma de voar...

Mas e se o fundo não for tão profundo?
Ora!...
O que é a vida afinal senão uma caminhada rumo à morte?
E o que é a morte afinal senão uma passagem para algum lugar desconhecido
Mesmo que esse lugar seja simplesmente o nada?...
Quem sabe!... Quem saberá?...

Outros poemas também encontrados juntamente no meu blog

http://carlinhoscavalcanti.blogspot.com/

Obrigado à todos

;-)

Submited by

quarta-feira, junho 17, 2009 - 16:38

Poesia :

No votes yet

carlfilho

imagem de carlfilho
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 2 anos 36 semanas
Membro desde: 05/25/2009
Conteúdos:
Pontos: 519

Comentários

imagem de jopeman

Re: Toda Velocidade à Frente

"Take the first step in faith.
You don't have to see the whole staircase.
Just take the first step."
Martin Luther King, Jr

E assim comento :-)
Gostei mto
Abraço

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of carlfilho

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Desilusão Anticorpo 0 477 09/18/2014 - 19:09 Português
Poesia/Geral Deixa 0 511 01/30/2014 - 21:10 Português
Poesia/Tristeza A Morte do Meu Sorriso 0 556 09/12/2013 - 21:13 Português
Poesia/Geral O Número 1 313 03/15/2013 - 18:48 Português
Poesia/Geral Os animais 3 617 03/15/2013 - 18:39 Português
Poesia/Geral Parceria Eterna 2 1.061 11/27/2012 - 18:54 Português
Poesia/Geral Boa Noite 4 952 11/27/2012 - 17:56 Português
Poesia/Tristeza Caixeiro Viajante 1 692 11/26/2012 - 21:41 Português
Poesia/Tristeza Coração Notívago 2 850 11/26/2012 - 21:26 Português
Poesia/Geral Pulvi es (et pulverem reverteris) 2 1.206 11/23/2012 - 23:29 Português
Poesia/Geral A Idéia Assombra 1 816 11/23/2012 - 16:57 Português
Poesia/Fantasia O Misantropo 3 1.114 11/23/2012 - 16:45 Português
Poesia/Geral Isto Posto 4 552 11/21/2012 - 20:23 Português
Poesia/Paixão Desarme 1 417 11/21/2012 - 19:39 Português
Poesia/Geral Estranho Decorrer 1 547 11/20/2012 - 23:08 Português
Poesia/Amor Meu Amor Imaginário 1 531 04/20/2012 - 19:22 Português
Poesia/Soneto Soneto do Rei Álacre 0 594 01/11/2012 - 17:20 Português
Poesia/Meditação Faz toda a diferença 0 505 01/10/2012 - 16:00 Português
Poesia/Meditação Gosto Daqui... 1 476 12/16/2011 - 03:13 Português
Poesia/Amizade Adenium 0 578 12/15/2011 - 14:36 Português
Poesia/Fantasia O Tédio 0 530 12/09/2011 - 14:33 Português
Poesia/Fantasia Devida Verve 0 521 12/07/2011 - 14:16 Português
Poesia/Tristeza Asfalto 1 770 11/28/2011 - 20:47 Português
Poesia/Tristeza Punhais 0 507 11/28/2011 - 17:57 Português
Poesia/Fantasia Idas 0 842 11/08/2011 - 21:55 Português