CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Gotas sólidas de gaz...

O rosto segredou dores secas, lágrimas enviusadas habituadas a dias trémulos onde as cigarras fizeram um voto triste de silêncio… A água lavou-me a voz, ensaboou-a com palavras doces como se fosses uma surpresa de Primavera… Houvera um sonho escondido nas almas doridas e esperançadas dos amores desalinhados, quando os sentimentos se vestiam com fatos coloridos e tinham bolas em vez de narizes, tudo tinha graça nessa altura, até mesmo o que não tinha graça nenhuma… Os segredos emigraram para terras quentes, felizes, de mochilas às costas partindo à aventura, numa altura em que a segurança era tudo… E tu? Tu eras um papagaio de papel, preso a uma fita de sorrisos, a gritares alto lá de cima, a acenares-me lonjuras, a veres-me pequena e térrea, nesta vontade férrea de não querer esperar terras de nunca que são sempre iguais…

Inês Dunas
in: "Purpurinas..."

Submited by

quinta-feira, abril 5, 2012 - 19:00

Prosas :

Average: 3 (2 votes)

Librisscriptaest

imagem de Librisscriptaest
Offline
Título: Moderador Prosa
Última vez online: há 8 anos 21 semanas
Membro desde: 12/09/2009
Conteúdos:
Pontos: 2710

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Librisscriptaest

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Tristeza Quimeras... 2 3.767 06/27/2012 - 16:00 Português
Poesia/Geral Presa no transito numa sexta à noite... 2 1.944 04/12/2012 - 17:23 Português
Poesia/Dedicado Santa Apolónia ou Campanhã... 2 1.296 04/06/2012 - 20:28 Português
Prosas/Outros Gotas sólidas de gaz... 0 1.511 04/05/2012 - 19:00 Português
Poesia/Geral Salinas pluviais... 1 1.727 01/26/2012 - 15:29 Português
Prosas/Outros Relicário... 0 1.860 01/25/2012 - 13:23 Português
Poesia/Geral A covardia das nuvens... 0 2.106 01/05/2012 - 20:58 Português
Poesia/Dedicado Arco-Iris... 0 2.229 12/28/2011 - 19:33 Português
Poesia/Amor A (O) que sabe o amor? 0 1.974 12/19/2011 - 12:11 Português
Poesia/Geral Chuva ácida... 1 1.823 12/13/2011 - 02:22 Português
Poesia/Geral Xeque-Mate... 2 1.630 12/09/2011 - 19:32 Português
Prosas/Outros Maré da meia tarde... 0 1.919 12/06/2011 - 01:13 Português
Poesia/Meditação Cair da folha... 4 2.396 12/05/2011 - 00:15 Português
Poesia/Desilusão Cegueira... 0 2.056 11/30/2011 - 16:31 Português
Poesia/Geral Pedestais... 0 2.161 11/24/2011 - 18:14 Português
Poesia/Dedicado A primeira Primavera... 1 1.982 11/16/2011 - 01:03 Português
Poesia/Geral Vicissitudes... 2 2.061 11/16/2011 - 00:57 Português
Poesia/Geral As intermitências da vida... 1 2.156 10/24/2011 - 22:09 Português
Poesia/Dedicado O silêncio é de ouro... 4 1.941 10/20/2011 - 16:56 Português
Poesia/Geral As 4 estações de Vivaldi... 4 2.456 10/11/2011 - 12:24 Português
Poesia/Geral Contrações (In)voluntárias... 0 1.838 10/03/2011 - 19:10 Português
Poesia/Geral Adeus o que é de Deus... 0 1.935 09/27/2011 - 08:56 Português
Poesia/Geral Limite 2 2.248 09/22/2011 - 22:32 Português
Poesia/Geral Quem nunca fomos... 0 2.473 09/15/2011 - 09:33 Português
Poesia/Geral Antes da palavra... 1 2.900 09/08/2011 - 19:27 Português